Muitas pessoas acreditam que só terão resultados na academia se após o treino, vier muita dor. Para essa situação, usam até a frase “ No pain, no gain”, ou seja, “sem dor, sem ganho”. 

As dores aparecem principalmente quando começamos uma nova atividade, mudamos o treino ou exageramos na intensidade, aí no outro dia aparece a famosa dor pós-treino. Mas, você já se perguntou se sentir dores após o exercício é normal? E se você não sentir dor, quer dizer que o exercício não foi bem feito? Continue lendo nosso artigo e descubra.

Por que sentimos dor após o exercício?

Ao praticar uma atividade física intensa, nossos músculos sofrem pequenas lesões. E quanto mais sedentário você for, mais os músculos se esforçarão e você sentirá dores. E quanto mais o corpo se acostuma com o exercício, menos dor na recuperação. No processo de recuperação desse músculo, que ele se torna mais forte. Para esta reparação, o corpo sintetiza o chamado “processo inflamatório”, que dura até 48 horas após o exercício. 

Até que ponto a dor é normal?

Um desconforto “tolerável” é normal no dia seguinte. O que foge da normalidade é uma dor extremamente intensa e que impede a pessoa de fazer suas atividades normais do dia a dia. 

Vale ressaltar que sentir dor não é sinal que o exercício foi bem feito. As dores devem ser investigadas, se realmente fazem parte do processo de hipertrofia ou se estão sendo causadas por prática errada nos treinos. As articulações e ossos não devem doer após os treinos, se houver dor nessas partes, informe o seu treinador e procure um ortopedista.

Como tratar as dores musculares pós-treino?

Esse tipo de dor que aparece no dia seguinte ao treino, é chamada de Dor Muscular Tardia (DMT). 

  • Faça aquecimento antes de começar o seu treino
  • Respeite o tempo de descanso do músculo. Caso esteja doendo muito, você deve exercitar outra parte do corpo e deixar o músculo se recuperar totalmente.
  • Alimente-se bem antes e depois do treino. Uma boa dica é incluir no seu lanche pós-treino proteína, vegetais e frutas, como peixes, leite e linhaça. Assim, o músculo será recuperado mais rápido
  • Uma noite de sono reparadora, ajuda o músculo a se recuperar mais rápido e diminui as dores
  • Nas primeiras 24 horas, você pode fazer compressas de gelo no músculo, exercendo sobre ele uma leve pressão. Nas horas seguintes, aproveite compressas e banhos quentes
  • Massagem esportiva. Há fisioterapeutas especialistas em esportes, que fazem massagens que têm por finalidade diminuir esse tipo de dor e amenizar o desconforto
  • A corrida logo após o treino e no dia seguinte, faz com que as substâncias inflamatórias, sejam distribuídas na corrente sanguínea mais rapidamente. 

Atenção: tomar remédios como analgésicos e anti-inflamatórios, em um primeiro momento podem reduzir a dor, mas podem gerar efeitos colaterais, atrapalhando na hipertrofia.

Não deixe que as dores atrapalhem seus treinos, entenda que é um processo da hipertrofia e siga nossas dicas para alívio dessas dores. Você curtiu esse artigo? Deixe aqui nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up